Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

Rondônia e Rio Grande do Norte reativam Sindimóveis e ampliam a base Sindical da categoria no país

Sindimóveis/RO Sindimóveis/RN

Duas boas notícias fecham com chave de ouro este ano de 2011, que foi repleto de conquistas para a categoria dos corretores de imóveis brasileiros. Os estados de Rondônia e Rio Grande do Norte, após um expressivo lapso de tempo, com o trabalho fundamental de profissionais dedicados e abnegados, conseguiram reativar os Sindimóveis em seus estados, ampliando ainda mais a base sindical da categoria no País.

“Para a Fenaci, a reativação e eleição de Nelson Luis Juchem, presidente do Sindimóveis de Rondônia, e Kennedy Affonso, presidente do Sindimóveis do Rio Grande do Norte, juntamente com suas respectivas diretorias, é um marco inegável da importância do movimento sindical que vem revolucionando e fortalecendo a atuação da categoria neste novo momento social e econômico brasileiro, onde o segmento imobiliário assume um papel fundamental, tendo o corretor de imóveis como personagem de destaque”, afirma Carlos Alberto de Azevedo, presidente da Federação.

Segundo Azevedo, este processo diuturno de redescoberta da importância de uma representação sindical forte e consciente, só tende a se solidificar com as adesões de cada vez mais profissionais em todos os quadrantes do País. “Um sindicato regional forte é a base segura para que o corretor de imóveis possa atuar tanto em nível nacional quanto global, contando com respaldo para uma qualificação profissional sólida e atualizada, fundamental para a valorização da atividade do corretor de imóveis”, comemorou.

Dificuldades

Todavia, tanto a reativação quanto a eleição para os Sindimóveis de Rondônia e do Rio Grande do Norte, se configurou em um processo difícil e que requereu uma grande dose de entrega e de abnegação dos profissionais envolvidos.

Segundo o presidente eleito do Sindimóveis-RO, Nelson Luiz Juchem, gaúcho, natural de Porto Alegre, em Rondônia desde 1984, formado Gestor Imobiliário pela ULBRA e pós Graduado em Direito Registral, Notarial e Imobiliário pela UNIRON, uma das principais dificuldades é conseguir explicar ao profissional a importância de um sindicato e de o mesmo se filiar em busca de segurança e crescimento.

“Nosso Sindicato já estava montado no papel, porém, não havia integração da classe, o que é uma realidade em todos os Sindicatos que iniciam suas atividades. Sempre se pergunta: o que o Sindicato vai fazer por mim? E se fica aguardando a resposta sem interagir com o Sindicato. Devemos, como profissionais conscientes, ir até o Sindicato e propor ações e, principalmente, participar destas ações de forma efetiva”, preconiza Juchem.

Para o presidente eleito do Sindimóveis-RO, a  maior dificuldade encontrada na reativação do Sindicato foi o desconhecimento do corretor de imóveis quanto ao papel da entidade, que muitas vezes tem sua área de atuação confundida com as do SECOVI e do CRECI.

“Esta é uma questão que tem de ser bem explicada para todos os corretores de imóveis, pois a maioria mistura tudo, confundindo a área de representação laboral com a patronal, junto com fiscalização e normatização. Vamos levar para a categoria a informação primordial de que defenderemos os interesses dos corretores e corretoras de imóveis em todas as instâncias, principalmente no que diz respeito à qualificação profissional”, afirmou Juchem.

Expectativas positivas

Kennedy Affonso, presidente eleito do Sindimóveis-RN, faz coro às dificuldades encontradas por seu colega de Rondônia e acrescenta, além dos obstáculos encontrados junto a adesão da categoria, um sério problema legal, que deixou o sindicato fora de combate por mais de uma década.

Segundo Affonso, o processo de regularização foi lento, e teve início em 2010, com a tentativa de realizar eleições e a regularização do sindicato, após um período de quase dez anos de inatividade sindical. Em março de 2011 foi realizada uma reunião onde foi decidido dar início ao processo de refundação do sindicato.

Nesta reunião, presidida por Luis Eduardo Gautério Gallo, e Paulo Rodrigues, representando a FENACI, foi criado um grupo com objetivo de solucionar as duas primeiras providências: reativar o CNPJ do SINDIMÓVEIS-RN e convocar uma Assembleia Geral de ratificação da fundação do sindicato.

“Os dois objetivos foram plenamente alcançados. A paritr de dois de dezembro, já contamos com o Registro Civil das Pessoas Jurídicas que já tornou realidade o SINDICATO DOS CORRETORES DE IMÓVEIS DO RIO GRANDE DO NORTE – SINDIMÓVEIS/RN”, comemora Affonso.