Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

REALIZAÇÃO DO FORECI RIO ENTUSIASMA CORRETORES DE IMÓVEIS

E-mail Imprimir

Cerca de uma centena de profissionais participaram do primeiro Fórum Regional de Corretores de Imóveis (FORECI), promovido pelo Sindicato de Corretores de Imóveis do Estado do Rio de Janeiro (Sindimóveis-RJ) e a Federação Nacional de Corretores de Imóveis (Fenaci), realizado no último dia 29/11, em Niterói. Palestras e debates sobre importantes temas para a categoria, além da realização do curso de TRC -Transnational Referral Certification – prenderam a atenção dos participantes.

Abrindo os trabalhos, o curso de TRC, ministrado pelo Professor Laerte Temple, também Superintendente do Secovi São Paulo, trouxe para os profissionais locais os conhecimentos fundamentais para a inserção do corretor de imóveis brasileiro no mercado internacional, habilitando-o a utilizar as ferramentas do portal WorldProperties.com, para divulgar seus produtos e receber ou fazer indicações de negócios com colegas de todo o mundo.

O primeiro debate do dia ocorreu com a mediação do presidente da FENACI, Carlos Alberto de Azevedo, e tratou sobre a criação de um Piso Nacional para a categoria, a exemplo do que já ocorre no Rio de Janeiro. “Essa matéria de fundamental importância para todos os corretores de imóveis é uma das prioridades de luta da atual e também da futura diretoria da Federação, que toma posse no ano que vem. A criação deste piso remuneratório, a exemplo do que acontece aqui no estado do Rio trará uma segurança muito maior para o bom exercício profissional”, assegurou Azevedo, que foi muito aplaudido pelos participantes.

Outro debate de igual importância para o bom exercício profissional tratou da questão referente ao vínculo empregatício entre corretores de imóveis e empresas imobiliárias. Na ocasião foi divulgada uma decisão da Sétima Turma do Tribunal Superior do Trabalho que reconheceu que o corretor de imóveis quando presta serviços a uma empresa. sob orientação de um chefe e local de trabalho e horário determinados, tem os mesmos direitos do trabalhador assalariado.

“Essa sentença do TST é um divisor de águas e vem lançar luz sobre um tema que vimos discutindo há bastante tempo e que requer todos os nossos esforços para que se torne não uma exceção, mas sim regra geral para a categoria. Estamos discutindo e acompanhando essa questão em todas as esferas. Tanto no Judiciário, quanto no Legislativo e no Executivo, através da Secretaria de Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego” reforçou o presidente da FENACI.

O ciclo de palestras que contou com a participação dos presidentes do Sindimóveis Estado do Rio de Janeiro, Antônio Rocha, do Sindimóveis do Município do Rio, Egydio Andreza  dos Santos e do Sindimóveis da Região dos Lagos, Cézar Pires da Silva.

Carlos Bastos, renomado professor especialista em mercado imobiliário, proferiu a palestra de encerramento falando sobre a legislação que incide no exercício da profissão, bem como relembrou da importância do recolhimento da contribuição sindical para o fortalecimento e independência da categoria.

Para Antônio Rocha, anfitrião do encontro, “a relização deste FORECI serviu para que pudéssemos enxergar, de forma cristalina, que somente com união, esforço e qualificação construiremos um futuro sólido para todos nós”, concluiu.