Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte

A FORÇA E A IMPORTÂNCIA DAS PROFISSÕES LIBERAIS

E-mail Imprimir

Ao longo dos muitos anos de atividade sindical na área das profissões liberais, não raro me deparo com o conceito equivocado que profissional liberal é patrão, não sendo reconhecido como tal na figura do empregado remunerado.Ledo engano, pois o profissional liberal é um trabalhador como outro qualquer, contribuindo com seu esforço, empreendedorismo e pagamento de impostos, para o crescimento do País.

Reforça essa afirmação o fato de levantamentos recentes demonstrarem que 2/3 da força de trabalho no universo das profissões liberais ser composta por profissionais que exercem suas funções através de relações trabalhistas calcadas no instrumento do vínculo empregatício.

Estimativas apontam que cerca de 12% da força de trabalho formal do Brasil é composta por profissionais liberais atuando em todos os espectros da economia nacional.

Este expressivo segmento da população economicamente ativa, que contribui decisivamente quando o tema diz respeito à geração de emprego e renda, é representada em âmbito nacional pela CNPL (Confederação Nacional das Profissões Liberais), entidade sindical de grau superior, que congrega27 federações filiadas, mais de 500 sindicatos representantes de 51 profissões e cerca de 15 milhões de profissionais de variadas áreas em todo o País.

Ao longo de seis décadas de decisiva atuação, a CNPL sempre representou a vanguarda na conquista e manutenção de direitos adquiridos pelos profissionais liberais em prol do bom e digno exercício de suas profissões. Nos dias presentes esta atuação de vanguarda é ainda mais destacada, face aos desafios trazidos pelos novos tempos em escala global.

Uma pauta sempre presente, diz respeito à qualificação e ao crescimento do profissional liberal. E esta é uma preocupação que procede, ainda mais em um momento em que se especula a dispensa de contrato de trabalho na concessão de visto para que profissionais liberais altamente qualificados do exterior possam vir a trabalhar no Brasil, reduzindo a oferta de empregos para trabalhadores brasileiros.

Consideramos muito mais importante oferecer uma real formação e o pleno desenvolvimento dos profissionais brasileiros, capacitando-os para ocuparem as vagas existentes no mercado. É o investimento em qualificação profissional a verdadeira garantia de desenvolvimento, possibilitando acesso às escolas, sejam elas de ensino médio ou superior.

Outros temas como o fator previdenciário (que afeta negativamente as aposentadorias de todos os trabalhadores), a redução da jornada de trabalho (benéfica em termos de ofertas de novos empregos), o aumento da força feminina no mercado de trabalho, a valorização das profissões liberais, dentre outras questões, fazem parte do nosso leque permanente e diuturno de atuação.

A CNPL sempre esteve, está e estará atenta às grandes questões nacionais, sejam elas afeitas ou não aos profissionais liberais. Mas, acima de tudo, sempre lutando, com intransigência pela manutenção dos princípios éticos e morais que devem reger o conjunto da sociedade.

(*) Presidente da Confederação Nacional das Profissões Liberais (CNPL)