Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
E-mail Imprimir

DOMÍNIO DA UNIÃO SOBRE ÁREAS DA CAPITAL SERÁ
UM DOS ASSUNTOS EM DEBATE NO FORECI SÃO LUÍS

“Patrimônio da União” é o título da palestra que o engenheiro civil maranhense Jorge Luís Pinto apresentará no Fórum Regional de Profissionais Corretores de Imóveis (Foreci), que a Fenaci, em conjunto com os sindicatos filiados e entidades do setor e apoio de parceiros preferenciais, promoverá nos dias 24 e 25 de outubro, no auditório do Hotel Veleiros, em São Luís (MA).

O tema, de acordo com Jorge Luís Pinto está perfeitamente dentro do contexto imobiliário local, pois boa parte das áreas da Ilha de São de Luís é de domínio da União Federal.  Estarão em debate, segundo o palestrante, a questão da Emenda 46, que tirou do domínio da União boa partes destas áreas, a ação movida pelo Ministério Público Federal, terrenos de Marinha e Acrescidos de Marinha.

Natural de Arari, no Maranhão, Jorge Luís Pinto, ocupa atualmente o cargo de superintendente do Patrimônio da União no Estado do Maranhão – SPU/MA –, função para a qual foi nomeado em novembro de 2009. Veja a seguir uma breve entrevista com o palestrante.

São Luís é uma cidade histórica, a única cidade brasileira fundada por franceses.  Como isso afeta o mercado imobiliário e como o mercado imobiliário?

A áreas de expansão não estão diretamente ligadas às de preservação do patrimônio histórico, pelo menos dentro dos vetores de crescimento atual. O mercado imobiliário de São Luís visa muito as áreas localizadas entre margem direita do Rio Anil e a Baía de São Marcos, esquecendo a margem esquerda e a área do Bacanga, onde a concentração das classes C e D é muito maior. Entendo que estas áreas poderiam ser melhor exploradas. Temos um eixo da Avenida Getúlio Vargas – que esta dentro da área chamada sesmaria da Câmara Municipal – que já possui toda uma infraestrutura, de ruas, redes de água e esgoto, telefonia e rede elétrica, que poderia ter melhor exploração pelo setor imobiliário. Desta forma, o setor viria a contribuir diretamente na preservação ou revitalização da área do Centro Histórico localizado próximo deste eixo.

Como o Senhor vê o papel dos corretores de imóveis nesse processo?

Vejo a figura do corretor como aquele elemento dentro da cadeia de negociação que tem o contato direto com as pessoa que vão adquirir um determinado produto. Logo é ele que vai dar a ideia inicial do produto a ser negociado e, por  ter uma relação com o consumidor, digamos assim, um sentimento de cumplicidade, de forma a mostrar as qualidades e as vantagens em adquirir determinado imóvel.  Ele vai ser o termômetro do mercado, quem vai sentir para onde caminha o mercado, quais são áreas de melhor investimento, de forma que o incorporador possa direcionar os lançamentos no mercado.

Como o Senhor vê a evolução do mercado imobiliário em São Luís? Quais as peculiaridades regionais?

Diria que São Luís está em sua terceira onda em termos de mercado imobiliário.  A primeira foi quando da cessão da Gleba Rio Anil e construção da Ponte José Sarney. A segunda foi feita pelas chamadas companhias habitacionais – Cohab, Coharesv, Cohajoli, Cohajap,  entre outras –, coincidindo com a construção dos grandes conjuntos de moradias. A terceira é esta que vivemos, ou seja, a verticalização, principalmente na chamada Gleba Rio Anil. O que marca ainda no mercado local é o habito de o maranhense residir em casas, já que o fenômeno da verticalização é recente, tendo apenas cerca de 12 anos.

Como funciona o mercado habitacional em São Luís e na região metropolitana?

É voltado às classes A e B, negligenciando as outras. É importante lembrar que a renda das chamadas classes C e D vem crescendo nos últimos anos e que a demanda vem sendo suprida somente pelo programa Minha Casa, Minha Vida.

CURSO INTERNACIONAL – Além palestrantes de alto nível, no Foreci São Luís haverá mais uma edição do Transnational Referral Certication (TRC), curso que prepara o corretor de imóvel para conduzir negócios internacionais.

Resultado de uma parceria da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis com o Consórcio Internacional de Associações Imobiliárias (Icrea), o TRC é ministrado pelo mestre em administração e doutor em relações internacionais Laerte Temple. O curso ensina como fazer e receber indicações de clientes mundiais para parceiros em um dos mais de 40 países que participam do consórcio obtendo uma remuneração por isso.

Os profissionais certificados pelo TRC ganham o auxílio de uma poderosa ferramenta para potencializar seus negócios: o Worldproperties.com, um portal traduzido para 19 idiomas, onde constam mais de 2 milhões de propriedades e mais de 1,8 milhão de corretores pelo mundo.

Confira a seguir as demais palestras que integram o Foreci São Luís:

CRÉDITO IMOBILIÁRIO E FINANCIAMENTO – Palestra de Helio Luiz Duranti, que tem formação em ciências contábeis e administração, com MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Duranti é superintendente-regional da Caixa no Maranhão desde março deste ano. Na instituição, porém, já passou diversos cargos: caixa, supervisor, assistente, analista, gerente, gerente geral, gerente-regional e superintendente-regional, tendo atuado nas superintendências do Oeste de Santa Catarina, Norte Gaúcho e Vale dos Sinos/RS.

MARKETING DE RELACIONAMENTO PARA O MERCADO IMOBILIÁRIO – Quem dá o recado é Luiz Paulo Orelli Bernardi, engenheiro civil, bacharel em administração de empresas e direito, especialista em perícias de engenharia e avaliações pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), pós-graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), além de mestre pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Governo do Estado de São Paulo (IPT/ESP).

QUESTÕES RELEVANTES NOS CONTRATOS IMOBILIÁRIOS E NAS ESCRITURAS – Palestra do corretor de imóveis Paulo Roberto Xavier que tem sido muito aplaudida nos Foreci, pois trata de temas de vital importância para os profissionais do segmento. Xavier é também advogado, coordenador e professor do curso de pós-graduação em gestão e direito imobiliário do CBEPJUR/UCAM-RJ. É também professor do Curso de Direito das Faculdades Moraes Júnior Mackenzie, no Rio,  MBA executivo em negócios imobiliários e pós-graduado em responsabilidade civil e direito do consumidor.

MERCADO IMOBILIÁRIO ATUAL E PERSPECTIVA – Palestra ministrada por Flavio Amary, graduado em administração de empresas e pós-graduado em economia pela FGV/SP. Amary tem ainda no currículo curso de educação continuada de 1997 a 2002 na FGV – negociação, gestão estratégica de negócios, banking, motivação e liderança. É vice-presidente do Interior do Secovi-SP, Sindicato da Habitação; membro do Fundo Paulista de Habitação de Interesse Social (FPHIS/SP); e integrante do Comitê de Desenvolvimento Urbano AELO/Secovi/Sinduscon.

DA CAPTAÇÃO AO FECHAMENTO DE NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOSPaulo Cezar Mansor de Oliveira, corretor de imóveis, consultor e assessor para empresas incorporadoras, construtoras e imobiliárias, é quem ministrará a palestra. Mansor de Oliveira foi professor da FAAP – pós-graduação em marketing imobiliário –, e diretor de relações internacionais do Sciesp (Sindicatos de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo).

INSCREVA-SE JÁ – O Fórum Regional dos Corretores de Imóveis de São Luís será realizado no Hotel Veleiros, que fica na Avenida dos Holandeses, Quadra 14, Lotes 1 e 2, Ponta D'Areia. As vagas são limitadas, portanto faça o mais rápido possível sua inscrição.

Inscrições e informações, pelo telefone (98) 3236.8646 ou acessando www.foreci.com.br/index.php/inscricoes.