Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
E-mail Imprimir

FORECI CHEGA A RIO PRETO E AGITA CORRETORES
DE IMÓVEIS DA REGIÃO NOROESTE DO ESTADO DE SP

Depois de levar conhecimentos e aprimoramento a cinco capitais brasileiras (São Paulo, Goiânia, Porto Alegre, Curitiba e São Luís), o Fórum Regional dos Profissionais Corretores de Imóveis (Foreci) – uma promoção da Fenaci, juntamente com os sindicatos filiados, entidades do setor e apoio de parceiros preferenciais – vai movimentar agora a cidade de São José do Rio Preto e a Região Noroeste do Estado de São Paulo. O Foreci Rio Preto acontece no dia 25 de novembro, na  Villa Conte, que fica no quilômetro 430 da Rodovia Washington Luís, trevo de Engenho Schmidt.

DESMISTIFICANDO LEIS – O advogado Paulo Roberto Xavier, corretor de imóveis e, entre outras qualificações, pós-graduado em Responsabilidade Civil e Direito do Consumidor pela Universidade Cândido Mendes, do Rio de Janeiro, é um dos palestrantes confirmados para o evento.

Com a palestra “Questões relevantes nos contratos imobiliários e nas escrituras”, ele defende que o corretor de imóveis precisa avançar muito mais no estudo dos contratos imobiliários, “para desmistificar as leis que os envolvem, as quais, ao contrário do que se pensa, não são só de interesse dos advogados e dos magistrados”.

Autor do livro de bolso "Compra e Venda de Imóveis: Conscientize-se”, Xavier entende que “todos os corretores de imóveis deveriam ter o Código Civil com legislação complementar, cujo exemplar mais vendido no mercado está em torno de R$ 40”.

“Quando a ‘ficha cair’, o corretor de imóveis perceberá que é ele quem faz de 80% a 90% da escritura pública, pois, quando aproxima vendedor e comprador para a assinatura do ‘Recibo de Sinal e Princípio de Pagamento’, ele está também fazendo a escritura de compra e venda, já que o referido instrumento particular trará, por exemplo, a qualificação das partes, a descrição do imóvel e a sua respectiva matrícula, a origem do título aquisitivo do vendedor, o valor da venda e a forma de pagamento, o vencimento e o lugar do cumprimento da obrigação, o responsável pela despesa e obtenção das certidões etc., cuja fotocópia será entregue ao escrevente para, podemos assim dizer, meramente formalizar o ato.”

MERCADO DE LOTEAMENTO – Quem também tem presença garantida no Foreci Rio Preto é o presidente da Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano (Aelo) e vice-presidente de Desenvolvimento Urbano do Secovi-SP, Caio Carmona Cesar Portugal.

Para ele, que falará “A evolução do mercado de loteamento”, é importante destacar que o segmento acompanha o processo de descentralização do desenvolvimento econômico. “O interior do Brasil como um todo passa por um processo acentuado de urbanização, principalmente, nas regiões Nordeste, Centro-Oeste e ainda com alguma relevância Sul e Sudeste.”

Em contrapartida, segundo Caio Portugal, registra-se um esgotamento na área de loteamentos em capitais como São Paulo e Rio de Janeiro.

“Por questões físicas, legais e de mercado (preço da terra), não há possibilidades dentro das cidades do Rio ou São Paulo, e no que se refere às cidades do entorno (região metropolitana), essa situação caminha para um esgotamento, seja pela escassez de matéria prima (glebas com características de menor aproveitamento x custo de urbanização x preço do lote urbanizado), seja pelo processo natural de verticalização.”

Estas e outras importantes questões deverão ser abordadas na palestra de Caio Portugal, que deixa para o corretor de imóveis o seguinte recado:

 “O profissional deve se posicionar cada vez mais como um consultor, e não mais simplesmente um demonstrador ou vendedor. Há a necessidade de se atualizar, estudar  e manter-se informado e atualizado, pois, caso contrário, deixará de ter uma remuneração adequada, deixando mesmo de atuar. É consequência do desenvolvimento do capitalismo, uma verdadeira seleção natural, onde somente os mais adaptados vão sobreviver.  E, nesse quesito,  a ética e a transparência são valores cada vez mais respeitados pelo consumidor.”

Completa o quadro de palestrantes já confirmados, o neurocirurgião e diretor do Centro do Cérebro e Coluna de São José do Rio Preto, Eduardo Carlos da Silva. Também professor adjunto de Neurocirurgia da Faculdade de Medicina de Rio Preto, ele abordará o tema “Controle da mente”.

INSCREVA-SE JÁ – O Fórum Regional dos Profissionais Corretores de Imóveis de São José do Rio Preto acontece no dia 25 de novembro, na Villa Conte, que fica no quilômetro 430 da Rodovia Washington Luís, trevo de Engenho Schmidt.

As vagas são limitadas e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (61) 3321.7733 ou acessando
foreci.com.br/index.php/inscricoes.