Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Imprimir

CONFERENCISTA QUE ABRIU EMPRESA AOS 12 ANOS
FALA SOBRE ATITUDES VENCEDORAS NO XXV CONACI

“Na orquestração das profissões, hoje somos todos convidados a ser maestros. Conhecer bem todos os instrumentos, dominar ao menos um, conhecer muito sobre a música do mercado, saber como tocar a sensibilidade do ouvinte e como fazer para que todos compartilhem a mesma experiência. Trata-se de uma época fantástica onde somente os mais bem preparados continuarão com o direito de exercer a profissão.”

O recado é do conferencista Carlos Hilsdorf, uma das muitas atrações do XXV Congresso Nacional de Corretores de Imóveis (Conaci), que acontece de 4 a 7 de maio, em Maceió, Alagoas, sob a chancela da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (Fenaci) e o Sindimóveis-AL.

Economista pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) e pós-graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), autor, consultor de empresas, Carlos Hilsdorf é um competente estudioso do comportamento humano, sendo considerado o mais carismático e um dos mais requisitados palestrantes do País.

Precoce na busca de conhecimentos e no empreendedorismo, Carlos iniciou-se nas artes do ilusionismo aos cinco anos e abriu aos 12 a empresa que até hoje dá suporte à sua atuação como conferencista de nível internacional.

A conferência dele no XXV Conaci tratará de “Atitudes Vencedoras”, nome do livro de sua autoria que é adotado em diversas empresas como um manual de aprimoramento humano. Autor ainda do best-seller "51 Atitudes Essenciais para Vencer na Vida e na Carreira", Carlos Hilsdorf fala sobre sua vida e sobre o que pretende apresentar ao público no XXV Conaci. Confira:

Qual a origem de sua família – o sobrenome Hilsdorf – e onde você nasceu?

A família Hilsdorf tem origens na Alemanha e Austria. Dois ramos da família se estabeleceram no Brasil, uma em Rio Claro (para onde veio meu avó, João Hilsdorf) e outra em Leme. Eu nasci em São Carlos, cidade onde meu pai, um grande músico do chorinho no Brasil, Álvaro Brochado Hilsdorf, veio residir quando saiu de Rio Claro para empreender.

Em que você se formou primeiro e que profissões – ou atividades – exerceu antes de virar palestrante?

Sou Economista pela Unesp e pós-graduado em marketing pela Fundação Getúlio Vargas. Comecei a empreender aos 12 anos de idade, quando montei a empresa que continua existindo até hoje, com mudança em seu objeto social, mas com o mesmo CNPJ desde que nasceu. Sempre fui dono do meu próprio negócio, envolvido com a área de eventos, lançamento de produtos, shows e palestras. Sempre atuei como empresário antes de ser consultor, autor e palestrante.

Como surgiu o Carlos palestrante?

Certas coisas não surgem, sempre estiveram (risos)… Assim foi com minha carreira, a paixão pelas artes (me dedico a várias), pela comunicação, pela pesquisa do comportamento humano e pelo conhecimento em geral, conduziram, por diferentes fases, a uma convergência que encontrou na figura do autor/consultor e palestrante o canal para expressarem-se em profundidade.

Como você define suas palestras, quais conceitos básicos você utiliza para elaborá-las?

Defino minhas palestras como um ato de amor ao ato de compartilhar. Dedico-me a compartilhar com os convidados, décadas de experiências, buscas, pesquisas e aprendizados sobre como atingimos a excelência e a alta perfomance. O que nos facilita e o que nos dificulta a jornada. O trabalho de elaboração de cada palestra é único, como deve ser tudo aquilo que é feito dentro de uma legítima busca artística, na máxima expressão do termo. Não há receitas prontas, modelos pré-estabelecidos, há paixão e profundo respeito pelo público e sua busca nas estadas da existência.

Suas apresentações são autênticos shows, com muitos truques e surpresas.  Você aprendeu ilusionismo, mágica? Quando e inspirado em que você começou a incorporá-los à sua apresentação?

Uma das artes às quais me dedico desde os cinco anos de idade é o ilusionismo, categoria em que acumulei lindas experiências internacionais e prêmios como o de “Melhor Ilusionista da América Latina”. Minhas apresentações são uma continuidade de minha busca existencial, assim tudo o que sou flui naturalmente em cada apresentação ao público. Assim ocorre com a música, o humor, o ilusionismo e tudo mais...

Como você vê o papel do corretor de imóveis no concerto das profissões?

Vivemos uma das eras mais cativantes entre todas as já vividas na história da humanidade. A democratização da informação através dos meios digitais acabou com a ditadura da informação e fez com que todas as profissões tivessem que buscar pelo conhecimento relevante. Hoje não basta ter o privilégio da informação é preciso saber o que fazer com informações que estão disponíveis a todos. O valor da competência se sobrepõe ao privilégio da informação, isso é ótimo.

Na orquestração das profissões, hoje somos todos convidados a ser maestros. Conhecer bem todos os instrumentos, dominar ao menos um, conhecer muito sobre a música do mercado, saber como tocar a sensibilidade do ouvinte e como fazer para que todos compartilhem a mesma experiência. Trata-se de uma época fantástica onde somente os mais bem preparados continuarão com o direito de exercer a profissão. Na palestra trataremos com imenso carinho dos grandes diferenciais que realmente transformam o corretor em um agente de negócios que é ainda mais que um consultor, é na verdade a convergência entre o consultor e o empreendedor, alguém que oportuniza oportunidades existentes e cria as que ainda não existem.

O que você pode antecipar para o público que vai assisti-lo em Maceió?

Na palestra “Atitudes Vencedoras” poderemos refletir juntos sobre as grandes mudanças que ocorreram no mundo e afetaram também os negócios e, mais que tudo, sobre as grandes mudanças que podemos estabelecer em nossa postura diante das dificuldades oferecidas pela existência para que possamos viver uma vida plena de realizações em todos os sentidos. Será um imenso prazer compartilharmos juntos todos os momentos deste encontro entre profissionais de uma atividade tão cativante como a do setor imobiliário.