Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Imprimir

FEIRA EM SP MOSTRA DISPOSIÇÃO DO BRASILEIRO
EM EMPREENDER, AFIRMA PRESIDENTE DA FENACI

O presidente da Fenaci, Joaquim Ribeiro, participou, na manhã do último sábado (20/2), em São Paulo, da solenidade de abertura da Feira do Empreendedor 2016, onde conversou com o presidente nacional do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, sobre assunto relevante que envolve os corretores de imóveis  e aquela importante entidade de fomento à pequena e à microempresa.

Promovida pelo Sebrae-SP, a 5ª edição da Feira do Empreendedor teve recorde de público nos dois primeiros dias, recebendo no sábado e no domingo  mais de 62 mil visitantes, que passaram pelo Pavilhão do Anhembi em busca de oportunidade de negócios, capacitações, palestras e orientações voltadas para o empreendedorismo.  A expectativa é de que somando esta segunda-feira (22/2) e terça, os dois últimos dias da Feira, o evento receba 120 mil pessoas no total. Só no sábado, o primeiro dia do evento, foram 26 mil visitantes, segundo informou a organização da Feira.

“Nem bem a Feira foi aberta e o Anhembi já está repleto de pessoas, com muita gente circulando pelos corredores e estandes, além de salas de palestra lotadas. Essa avidez mostra o espírito empreendedor do brasileiro e o quanto o Brasil perde por conta dos desacertos políticos que corroem a economia do país, gerando inflação elevada e desemprego, entre outras catástrofes”, comenta o presidente da Fenaci.

Para o presidente nacional do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, a feira é uma demonstração da força do setor no país. “Hoje já se sabe que quem quer um emprego, precisa criá-lo. E nós temos que ter o objetivo de trabalhar em rede, porque mais do que nunca o Brasil precisa de nós, precisa do empreendedorismo, precisa enfrentar a burocracia sufocante, precisa enfrentar a carga tributária paralisante das atividades, para que possamos cumprir a nossa maior missão social que é gerar emprego e renda. O resto é conversa.”

R$ 8 MILHÕES EM NEGÓCIOS – Paulo Skaf, que preside o Sebrae-SP, elogiou o desempenho das cerca de 700 pessoas envolvidas com a realização da Feira do Empreendedor,  citou alguns índices decepcionantes da economia nacional e condenou o estado intervencionista e a elevação da carga tributária.

“É problema político que contamina a economia. A economia roda com investimentos e com consumo. Quando não confiança não há investimento, não há consumo. Quando há governo intervencionista, quando se tem uma economia que não é liberal, não é de concorrência, então esse é um governo pesadão, que cobra muito imposto, que pesa nas costas de todo o brasileiro. Um governo que, por incrível que pareça inicia o ano pregando aumento de impostos e a recriação da CPMF como solução para o Brasil.  Eu quero dizer a todas as lideranças que estão aqui. Nós temos que cerrar fileiras contra o aumento de impostos no ano 2016. A sociedade brasileira não vai aceitar em hipótese nenhuma nem CPMF nem aumento de qualquer imposto”, conclamou Skaf.

A Feira oferece aos donos ou futuros donos de micro e pequenas empresas orientação completa para uma boa gestão. O público também poderá conhecer tendências e novidades em áreas como marketing, finanças, inovação e exportação, saber mais sobre linhas de crédito e se informar sobre como formalizar o empreendimento. Até terça, devem ser realizadas mais de 50 mil capacitações nas chamadas Salas de Conhecimento e movimentados R$ 8 milhões em negócios.

A entrada na Feira e todos os serviços oferecidos são gratuitos. Por se tratar de um espaço de negócios, menores de 14 anos não podem entrar. Para se inscrever acesse o link feiradoempreendedor.sebraesp.com.br ou ligue para 0800 570 0800.

A Feira funciona no Pavilhão de Exposições do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209) e vai até esta terça-feira (23/2), das 10h às 21h.