Federação Nacional dos Corretores de Imóveis

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Imprimir

PRAZO PARA FICAR NO SIMPLES TERMINA EM 31/1. FENACI
APOIA MUTIRÃO DA RENEGOCIAÇÃO CRIADO PELO SEBRAE

As micro e pequenas empresas optantes pelo Simples, e que foram excluídas desse regime de tributação em dezembro, têm só até o dia 31 de janeiro para parcelar os seus débitos e pedir a reinclusão. Segundo informações do Sebrae, no mês de dezembro, quase metade dos pequenos negócios que estavam com débitos no Simples Nacional, e que haviam sido notificados pela Receita Federal em setembro do ano passado, parcelou suas dívidas e permaneceu no sistema. Das 584 mil micro e pequenas empresas que foram notificadas, 285 mil regularizaram a situação antes do final de 2016 para permanecer no Simples.

A recomendação do Sebrae é que os donos de pequenos negócios com dívidas no Simples procurem seus contadores e peçam para eles aderirem ao parcelamento de até 120 meses, reincluindo a empresa no Simples. Para isso, o contador deve calcular o valor dos débitos e da parcela mais adequada. O pedido de parcelamento deve ser feito no portal do Simples Nacional.

FENACI AJUDOU NA CAMPANHA – Para ajudar os donos de micro e pequenas empresas a acertar as contas, o Sebrae vem promovendo desde o final de 2016 o Mutirão da Renegociação, que, além de estimular a regularização dos débitos tributários, incentiva e ajuda os empreendedores a renegociarem as dívidas bancárias, locatícias e com fornecedores.

A Fenaci é uma das entidades que apoiam a campanha. Em vídeo postado no portal da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), o presidente da Fenaci, Joaquim Ribeiro, orienta sobre o que deve ser feito na negociação dos aluguéis comerciais.
Para ver o que disse o presidente Joaquim Ribeiro acesse aqui.